Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Conto de Fadas

Lucas C. Lisboa

E com mero beijo;
a Princesa acorda quem
um dia veio salvá-la.

5 comentários:

*femme* disse...

olá, agradecendo a visita, marcando minha presença e perguntando: vamos ficar nos gladiando com palavras quando poderíamos nos deleitar com as mesmas?

bjus (permita-me)

ah! confesso que sou sua assidua visitante... rs.

Fê Probst disse...

adoro conto de fadas...
pena que contos de fadas são lindos e existem apenas rabiscados no papel...

B. disse...

O trecho veio bem a calhar... muito bom!

Carol disse...

Queria que o meu conto de fadas virasse realidade...

Beijoos

Babs disse...

Lindas poesias, mas confesso que gostei especialmente dessa última.
Abraço