Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Confessionário

Lucas C. Lisboa

Ontem, um copo de leite
mamãe me deu em seu ninho
Hoje um seio nú em deleite
mamo com todo carinho

Não há gula q'eu não aceite
se oferecida com jeitinho
gosto de carne, mel e azeite
junto dum odre de vinho

Eu lembro da prima bruna
de pele macia e escura
com mamilos tão gostosos

Responsável por alguma
ou várias de minhas taras
juvenis e outros gozos
Enviar um comentário