Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Savana tropical

Te quero seco no leito
Solo úmido contrafeito
Mão, folhagem e cipó
E meu canino sem dó

É selvagem meu jeito
Teus lábios, regato estreito
Meu soneto teu rondó
Meu cerrado teu igapó

Ariranha banha em ti
sua selva meu palacete
tu igarapé eu sucuri

Na cheia e seca tu ri
e também no repiquete
pois cauxi coça o xiri

Enviar um comentário