Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

sábado, 23 de dezembro de 2006

Anarco-canibalismo II

Lucas C. Lisboa

Pois a mão do papa
numa única bocada
será degustada
Enviar um comentário