Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

domingo, 20 de maio de 2007

Bem amarrada

Lucas C. Lisboa

Minha linda bonequinha...
tão deliciosa putinha!
Q'eu uso, abuso e maltrato;
com todo prazer e trato.

1 comentário:

*femme* disse...

SILÊNCIO
*femme*

Eu pensei que palavras
Traduziam sentimentos
Mas foi no silêncio do meu amor
Que revelei tudo o que por Ti sentia.
Pois sempre te ouvi com meus olhos
Sempre te apoiei com meu sorriso.
Minhas mãos falavam de amor
Quando em teu corpo tocavam
Não precisei emitir som
Para dizer-te: EU TE AMO!
Meu silêncio
falou mais que a minha voz...
O teu olhar me conduzia,
servia de alento para minha vida.
Do teu querer tornei-me cativa,
E sem palavras,
fomos traçando nossos destinos...
juntos...
em silêncio...
eternamente...

boa tarde,
bjos

ah, esse blog é quase sem imagens, infelizmente alguns trechos foram deletados. mas postarei outros.