Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

terça-feira, 16 de outubro de 2007

boas novas num guardanapo

Lucas C. Lisboa

uma verdade selvagem
batendo na minha porta
chegada d'uma viagem
longa, escura, negra e torta

5 comentários:

B. disse...

Boas novas?
Boas mesmo?

Catty disse...

ué já tinha meu apelido aqui!
q ótimo!

cheio de poemas hen
gostei :}

verdade selvagem

Richard disse...

Não deixe ela entrar antes de tirar as botas sujas.

Sebastiao Moura disse...

A verdade por aqui é sempre bem-vinda!

Lênon Kramer disse...

eu lembro desta
honesta
poesia
que alivia