Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Infância

Lucas C. Lisboa

Eu, pequeno garotinho
tão novo dizia poetar:
"cala boca cachorrinho,
deixa luquinhas passar!"

2 comentários:

B. disse...

Risos. Mas que coisa inocente! Adorei....


Beijo meu.

Vera disse...

Que delícia!
Te amo!