Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Cangaço

Lucas C. Lisboa

Virgulino cabra macho
que pro malfeito faz mal
É Pistoleiro de despacho
com sua garrucha de sal

Virgulino cabra macho
tão ruim eu nunca vi igual
E que dá tiro no cacho
derrubando o bananal

Pois quando chega na vila
não há alma que não se grila
por saberem de sua má fama

Pois eu digo ai do vivente
que lhe cruza bem a frente
indo bem rápido pra lama
Enviar um comentário