Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Quebrado

Lucas C. Lisboa

Eu adoro coisas faltando
pedaços onde o inteiro
que se esperava tanto
não falta no pardieiro

Eu sou d'algo faltando
meu olhar não é certeiro
e a perna esquerda mancando
me dá um ar mais fateiro

Como xícaras quebradas
servindo de copos pintados
é minha morta esperança

Minhas ilusões viciadas
meus sonhos despedaçados
compõe minha nova dança

3 comentários:

Pequena marionete disse...

Meu D!!!
Isso foi bonito, embora me pareça triste.
Beijos

Laura Cohen disse...

lindíssimo. cosas rotas.

Anónimo disse...

gosto de coisas faltando...e que nunca se preenchem...permitem encaixes surpreendentes, de diferentes formas...