Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Blasfêmo!

Lucas C. Lisboa

Se eu fosse tão sacro Abade
lhe queimaria no alto altar.
Se eu fosse Marquês de Sade
brindaria seu paladar!
Enviar um comentário