Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

terça-feira, 21 de novembro de 2006

......Incêndio na Floresta

Lucas C. Lisboa

Enquanto a floresta inteira buscava
co'as bocas, bicos, trombas e suas patas
qualquer tanto d'água para essas matas
que nas chamas do incêndio queimava

O lobo, sentado, o vento tragava
usando de suas habilidades natas
a procurar aquelas almas rotas
que a floresta novamente incendiava

As feras todas caladas o censuravam:
ele parado, sem nada ajudar!

"Que ser mais egoísta!" - murmuravam
não viram-no sorrateiro a circundar...

Pois foi quando as brasas mais crepitavam
que os incendiários se pôs a caçar.
Enviar um comentário