Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

quinta-feira, 16 de novembro de 2006

......Simbolismo Laico

Lucas C. Lisboa

Eu, que estou do lado errado da cruz
mas, não posso me lograr de maldito
entediado, com quem valsa conduz
em tom tão alvo, que jamais repito

Ela, que traz consigo a pura luz
mas, não me deixa enxergar o bendito
passado que, pelo pó, não reluz
hoje, sem qualquer verso, voz ou grito

Não fui convidado para essa ceia
nem chamado para assaltar despensa

Não sou daqueles que muito anseia
nem doutros que por soberba dispensa

Feliz se encontrar alguém que me leia
muito mais se encontrar algum que pensa
Enviar um comentário