Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

sexta-feira, 10 de novembro de 2006

......O Banquete

por Lucas C. Lisboa

Talvez por ser o mais fraco;
Talvez por ser o mais forte;
por puro acaso de vida!
por puro acaso de morte!

Talvez por ser mais amante;
Talvez por ser mais consorte;
por puro acaso de azar!
por puro acaso de sorte!

Pois então nós brindaremos;
aos tão ilustres ausentes!

Pois então nós brindaremos;
aos tão ilustres presentes!

Pois então nós brindaremos;
aos ilustres simplesmente!
Enviar um comentário