Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Depois da aula

Lucas C. Lisboa

A doce mocinha
morrendo de medo
no parque sozinha
esconde um segredo

Espera prontinha
por seu namorado
co'a pele branquinha
e olhar abaixado

balança e se aninha
num riso calado
co'a face quentinha
e lábio molhado

Seu segredo vinha
num moço malvado
que lhe fez putinha
de muito bom grado
Enviar um comentário