Publicação em destaque

Poeta e apenas poeta

Já me olharam espantados quando digo que sou poeta e só poeta. Que não canto, nem danço, nem atuo, nem pinto, nem bordo, que "só" ...

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Apenas por diversão

Lucas C. Lisboa

Pois plante uma bicicleta
e pedale uma floresta!
Tranque chave na gaveta...
e peça o que não se empresta.

Pois desenhe torto a reta:
que Dez a burrice atesta!
Sê roto em roda seleta...
e faça do luto festa!

Apenas por diversão;
roube o doce do ladrão
do senador e da criança!

Desmarque todo o baralho...
Espante até o espantalho,
convidando-o pra esta dança!
Enviar um comentário